Total de visualizações de página

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Rodovias federais do RN registram mais de 1,4 mil acidentes e 90 mortes em 2019


As rodovias federais que cortam o Rio Grande do Norte registraram 1.437 acidentes ao longo de 2019, de acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional de Transporte (CNT). Ao todo, houve 1.211 vítimas, entre mortos e feridos. Os números são maiores que os registrados em 2018. O custo anual estimado para o estado, com os casos, chegou a R$ 207,50 milhões.
As vítimas fatais foram 90 - dado menor que em 2018, quando o estudo contabilizou 118 óbitos nessas estradas. A maior parte das vidas perdidas são de homens, representando 88% dos casos.
Já o tipo de veículo mais envolvido em acidentes com vítimas em 2019 foram as motocicletas (41,9% do total), seguidas dos automóveis (40,2%) e dos caminhões (7,6%).
Ainda de acordo com a CNT, o tipo mais frequente de acidente com vítimas foi a colisão. O estado totalizou 813 batidas, que representam 67% do total de acidentes, e responsáveis por 61 mortes.
O segundo maior tipo de acidente foi o atropelamento (145 casos), que representou 12% do total, sendo responsável por 19 mortes.
A BR-101 foi a rodovia federal com o maior número de acidentes, contabilizados 484 acidentes com vítimas, mas ficou em terceiro lugar quando o quesito são as mortes (13 óbitos). A BR-304 foi a rodovia que mais matou, com 24 vidas perdidas. 
Fonte: G1
agrestedorn.com.br

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário